Publicações

Publicações em blogs e FanPages disponibilizados neste site

Clima Organizacional

Clima Organizacional

Recém contratados, Francisco e Jonas participavam do processo de “integração”, e enquanto visitavam as diversas áreas da empresa, Francisco aproximou-se de Carlos, um antigo funcionário, e perguntou-lhe:

- Amigão, que tipo de pessoas trabalha aqui?

- Que tipo de pessoas trabalhava na empresa de onde você vem? – replicou Carlos.

- Ah! Pra ser sincero, era um grupo de egoístas e folgados. Eu estou muito satisfeito por ter saído de lá.

E Carlos respondeu:

- Poxa, sinto dizer, mas o mesmo tipo de pessoas você encontrará por aqui.

Carlos então olhou para Jonas, que observava calado a conversa, e perguntou:

- E você? Que tipo de pessoas trabalhava na empresa de onde você vem?

- Ah senhor, um grupo extraordinário de pessoas. Gente amiga, honesta, trabalhadora. Fiquei muito triste por ter que deixá-las, mas a oportunidade de trabalho aqui é bem melhor.

E Carlos então respondeu:

- Fico feliz por você, porque o mesmo tipo de pessoas você encontrará por aqui!

Ao escutar a conversa, Francisco, inconformado, comentou:

- Como é possível o senhor dar respostas tão diferentes à mesma pergunta?

E Carlos respondeu:

- Cada um encontra na vida exatamente aquilo que traz dentro de si mesmo.

Existem pessoas que reclamam de tudo e de todos; nada está bom; tudo é culpa da empresa, do chefe, do governo, do clima, e assim vai. O interessante é que estas pessoas mudam de departamento ou de área na empresa, e no inicio vai tudo muito bem, mas com o passar dos dias, aos poucos, tudo volta a ser exatamente como era antes, levando-as a se perguntar: “Poxa, estava tudo tão bom no início. Porque as coisas ficaram tão ruins novamente?”. A resposta é simples: Porque estas pessoas mudam de ambiente, mas não mudam o seu modelo mental e o seu comportamento.

Com relação ao ambiente de trabalho, existem basicamente dois tipos de profissionais: Os que influenciam o ambiente, e os que se deixam influenciar por ele. O problema é que, assim como na liderança, esta influência pode ser negativa. Por isso, antes de reclamarmos do ambiente de trabalho ou do clima organizacional, precisamos fazer-nos algumas perguntas importantes:

- Eu influencio o ambiente, ou deixo que ele me influencie?

- Quanto a minha influência colabora para que o ambiente de trabalho melhore?

- Reclamar ajuda? Terceirizar a culpa ajuda?

- O que eu posso fazer pra ajudar a melhorar o clima organizacional e o ambiente de trabalho?

Se você deseja que as coisas melhorem em sua empresa, faça a sua parte. Parafraseando Gandhi, que disse: “Seja a mudança que você quer ver no mundo”, uma dica: “Seja a mudança que você quer ver na sua empresa”.

A importância do detalhe
Resiliência