Publicações

Publicações em blogs e FanPages disponibilizados neste site

A fuga de Napoleão Bonaparte da ilha de Elba

A fuga de Napoleão Bonaparte da ilha de Elba

Uma história clássica, e que nos remete sobre a discussão sobre a lenda da 'imparcialidade da imprensa" vai nos levar ao Séc. XIX na chamada ERA NAPOLEÔNICA e hoje trago para vocês a história do jornal parisiense Le Moniteur, noticiando a fuga de NAPOLEÃO BONAPARTE da ilha de Elba, onde estava preso, e sua volta para a França (onde retomou o poder e governou por cem dias, até ser derrotado por uma aliança de exércitos europeus, liderada pela Inglaterra, e exilado novamente, desta vez para a ilha de Santa Helena, de onde jamais conseguiu fugir). A primeira manchete do Le Moniteur noticia a fuga, as manchetes seguintes os passos do retorno de Napoleão até a sua chegada em Paris:

1 – “O monstro fugiu do local do exílio”
2 – “O ogro desembarca em Cabo Juan”
3 – “O tigre está em Gap”
4 – “O monstro avança até Grenoble”
5 – “O usurpador está a 60 horas da Capital”
6 – “Bonaparte adianta-se em marcha acelerada mas é impossível que alcance Paris”
7 – “Napoleão chega amanhã às portas de Paris”
8 – O Imperador Napoleão Bonaparte está em Fontainebleau
9 – “Sua Majestade o Imperador entra solenemente em Paris”

A primeira manchete do Le Moniteur é de 9 de março de 1815. Faz quase 200 anos – e a postura oportunista e imparcial, salvo raríssimas exceções, ainda não mudou.

A História do Hino Nacional Brasileiro
Conde d´Eu