domingo , 14 abril 2024 - 16:04
Home Blogger A Lei do Caminhão de Lixo
Blogger

A Lei do Caminhão de Lixo

O motorista do taxi pisou no freio, deslizou e escapou do outro carro por um triz!

O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós.

O motorista do taxi apenas sorriu e acenou para o cara. E eu quero dizer que ele o fez bastante amigavelmente. Assim eu perguntei: ‘Porque você fez isto? Este cara quase arruína o seu carro e nos manda para o hospital!’

Foi quando o motorista do taxi me ensinou o que eu agora chamo ‘A Lei do Caminhão de Lixo”.

Ele me explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo: andam por ai carregadas de lixo, cheias de frustrações, de raiva e de desapontamento. À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar e, às vezes, descarregam sobre a gente.

Não tome isso pessoalmente. Apenas sorria, acene, deseje-lhes bem, e vá em frente.

Não pegue o lixo delas e espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa, ou nas ruas.
O princípio disso é que pessoas bem sucedidas não deixam os seus “caminhões de lixo” estragarem o seu dia.

A vida é muito curta para levantar cedo de manhã com remorso. Assim… ame as pessoas que te tratam bem. Ore pelas que não o fazem.

A vida é 10% o que você faz dela, e 90% a maneira como você a recebe!

Tenha um dia ótimo dia: livre-se de lixo!

Sobre o autor

Sobre o portal

Desde 2008 mantenho este portal, que iniciou sendo um disseminador de informações e artigos voltados a área da mecânica e com o passar do tempo alterou seu formato diversas vezes, tornando-se uma plataforma educacional flexível  com ênfases em História (Que é a minha paixão) e trabalhos desenvolvidos na ampliação da cultura Maker no Brasil.

Related Articles

Mães, que bom que vocês existem!

Um dia, quando os meus filhos forem crescidos o suficiente para entenderem...

Especial Dia dos Pais

A Lua que não deiCecílio Elias Netto Compreendo os pais – e...

Sabedoria de Tubarão

Dois enormes tubarões brancos observam os sobreviventes de um naufrágio.– Siga-me, filho!...

Fácil e o Difícil

Ontem estava conversando com uma profissional que me atende, e durante a...