domingo , 19 maio 2024 - 04:05
Blog Senta que lá vem a História

Darwin e a escravidão

A história do dia será acerca do 13 de maio de 1888, dia que a princesa Isabel assinou a lei áurea e aboliu a escravidão no Brasil e as suas implicações dessa lei em sua época. Após o governo imperial “ cozinhar galo” por um longo período, hesitando em acabar de vez com a escravidão que tanto nos envergonhava perante outras nações e para exemplificar a magnitude de tal vergonha utilizo a frase proferida pelo grande pesquisador e naturalista inglês Charles Darwin, que esteve no Brasil em 1832 “ Eu agradeço a Deus, jamais visitarei novamente um país escravocrata”, mostrando o quanto está situação social nos envergonhava diante de um mundo que em grande parte já tinha posto abaixo tal prática. Fomos o último país do ocidente a abolir a escravidão. Darwin, relatou no diário do navio H.M.S. Beagle os maus tratos que presenciou em Salvador e no Rio de Janeiro e para um cidadão Britânico era inconcebível, pois seu país era o responsável por impor as leis que proibiram o tráfico negreiro como o tratado de 1830 me a lei Bill Aberdeen de 1845. Entre seus relatos ele cita o afogamento de escravos ilegais para evitar os custos de retorno á África. Outra narrativa que mostra o quanto a escravidão chocou o britânico e o mesmo faz um mea culpa acerca da atuação de seu país no processo, foi está “Perto do Rio de Janeiro, minha vizinha da frente era uma velha senhora que tinha umas tarraxas com que esmagava os dedos de suas escravas. Em uma casa onde estive antes, um jovem criado mulato era, todos os dias e a todo momento, insultado, golpeado e perseguido com um furor capaz de desencorajar até o mais inferior dos animais. Vi como um garotinho de seis ou sete anos de idade foi golpeado na cabeça com um chicote (antes que eu pudesse intervir) porque me havia servido um copo de água um pouco turva… E essas são coisas feitas por homens que afirmam amar ao próximo como a si mesmos, que acreditam em Deus, e que rezam para que Sua vontade seja feita na terra! O sangue ferve em nossas veias e nosso coração bate mais forte, ao pensarmos que nós, ingleses, e nossos descendentes americanos, com seu jactancioso grito em favor da liberdade, fomos e somos culpados desse enorme crime.”. A abolição da escravidão maculou nossa história e marcou mais pelo conflito de interesses elitistas do que pela ânsia de evolução social em busca dos direitos civis.

Sobre o autor

Sobre o portal

Desde 2008 mantenho este portal, que iniciou sendo um disseminador de informações e artigos voltados a área da mecânica e com o passar do tempo alterou seu formato diversas vezes, tornando-se uma plataforma educacional flexível  com ênfases em História (Que é a minha paixão) e trabalhos desenvolvidos na ampliação da cultura Maker no Brasil.

Related Articles

Quem é tolo?

Conta-se que numa pequena cidade do interior um grupo de pessoas se...

Carlota Joaquina

A história do dia é sobre a Rainha CARLOTA JOAQUINA, esposa de D....

A origem francesa do futebol

A história do dia estou escrevendo ouvindo a rádio Gaúcha de Porto Alegre...

A batalha das toninhas

A História do dia que vou relatar é uma das mais vergonhosas façanhas...