domingo , 19 maio 2024 - 05:05

A história do dia vai abordar a essência aromática o qual já é proibida a sua forma de obtenção, trata-se da CIVETA, uma essência obtida do gato africano homônimo o qual sua obtenção também é inusitada. Este animal para demarcação de território esfrega as glândulas anais nas rochas expelindo uma secreção ocre e oleosa, que causa repulsa nos outros mamíferos mas para os seres humanos é extremamente agradável, após passar por um processo de refino, onde transformado em extrato, torna-se suave com leve toque floral e na indústria da perfumaria recebe o nome de Civetona e trata-se de um potente fixador. Após organizações de proteção aos animais iniciarem protestos contra os maus tratos no processo de obtenção da secreção, pois manter os animais em cativeiro irritados, aumentava a produção da secreção e nem sempre a extração pode-se resumir na raspagem das grades das gaiolas de confinamento e tornava-se necessária a sua morte, sendo assim, sua captura foi proibida. Atualmente a Civetona pode ser obtida de forma sintética. Já li que a expressão italiana “una civetta” que designa moças mais atiradas, ou mais popularmente as “piriguete” possa ser uma alusão ao animal que produz esta secreção olfativa bem atraente.

Sobre o autor

Sobre o portal

Desde 2008 mantenho este portal, que iniciou sendo um disseminador de informações e artigos voltados a área da mecânica e com o passar do tempo alterou seu formato diversas vezes, tornando-se uma plataforma educacional flexível  com ênfases em História (Que é a minha paixão) e trabalhos desenvolvidos na ampliação da cultura Maker no Brasil.

Related Articles

Quem é tolo?

Conta-se que numa pequena cidade do interior um grupo de pessoas se...

Carlota Joaquina

A história do dia é sobre a Rainha CARLOTA JOAQUINA, esposa de D....

A origem francesa do futebol

A história do dia estou escrevendo ouvindo a rádio Gaúcha de Porto Alegre...

A batalha das toninhas

A História do dia que vou relatar é uma das mais vergonhosas façanhas...