domingo , 19 maio 2024 - 05:05
Blog Senta que lá vem a História

O Santo e a Cachaça

A história de hoje vai falar de São Benedito e a sua ligação com o consumo de Cachaça. Por volta de 1525, na Sicília, região da Península Itálica, nasceu Benedito de Manasseri, que era filho de escravos africanos. Benedito, quando moço, entrou pra ordem dos Franciscanos, desenvolvendo o trabalho de cozinheiro e serviu a ordem até 1589, quando houve a sua morte. Sua santificação pela igreja só ocorreu em 1807, embora a sua ordem de seguidores, chamada de irmandade de São Benedito já tinha sido criado em 1619, em Lisboa-Portugal e aceitava noviços de origem negra e moura. Em Angola o culto ao santo protetor dos negros já era bem amplo e se espalhou pela África e por consequência da escravidão, pela América portuguesa. A imagem racial de São Benedito logo foi associada ao aguardente de cana, que até o inicio do século XX era considerada uma bebida de negros. Usando a cultura popular do repente nordestino, era comum escutar a quadra de rimas que fazia mais sucesso naquela época: 
“ São Benedito
É negro de raça /
Toca pandeiro /
E bebe cachaça.”

Baseado em O Trato dos Viventes, de Luis Felipe de Alencastro

Sobre o autor

Sobre o portal

Desde 2008 mantenho este portal, que iniciou sendo um disseminador de informações e artigos voltados a área da mecânica e com o passar do tempo alterou seu formato diversas vezes, tornando-se uma plataforma educacional flexível  com ênfases em História (Que é a minha paixão) e trabalhos desenvolvidos na ampliação da cultura Maker no Brasil.

Related Articles

Quem é tolo?

Conta-se que numa pequena cidade do interior um grupo de pessoas se...

Carlota Joaquina

A história do dia é sobre a Rainha CARLOTA JOAQUINA, esposa de D....

A origem francesa do futebol

A história do dia estou escrevendo ouvindo a rádio Gaúcha de Porto Alegre...

A batalha das toninhas

A História do dia que vou relatar é uma das mais vergonhosas façanhas...