quinta-feira , 18 julho 2024 - 17:07
Home História Perseguição aos judeus na Península Ibérica na Idade Média
História

Perseguição aos judeus na Península Ibérica na Idade Média

Por J.Alaor

Na Catalunha medieval (atual região pertencente a Espanha), os banqueiros que faliam eram publicamente desonrados pelas autoridades da cidade a qual viviam, recebendo nada além de pão e água até que pagassem o que deviam aos seus credores. Depois de um ano, se a dívida não fosse paga, eles seriam decapitados em público, e suas propriedades vendidas para saldar a dívida.

Segundo vários autores, o fator cultural e étnico também era fator preponderante nesse costume, afinal, a quase totalidade dos incipientes banqueiros naquela península era da etnia judaica. E a Espanha Cristã, acerados em espírito por conta de suas intestinas e seculares lutas contra o invasor de credo muçulmano, jamais perdoou o conluio dos judeus na tomada berbere da capital Toledo, em 711; reza a historiografia que foram os judeus que facilitaram o acesso berbere à capital visigótica.

A relação de cristãos e Judeus que nunca foi muito boa na Europa como um todo, foi agravada por essa narrativa que povoou e abasteceu a alma espanhola e portuguesa através da Idade Média, gerando a partir dalí diversos episódeos de perseguição aos Judeus durante a história de ambos reinos,

Sobre o autor

Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o portal

Desde 2008 mantenho este portal, que iniciou sendo um disseminador de informações e artigos voltados a área da mecânica e com o passar do tempo alterou seu formato diversas vezes, tornando-se uma plataforma educacional flexível  com ênfases em História (Que é a minha paixão) e trabalhos desenvolvidos na ampliação da cultura Maker no Brasil.

Related Articles

Testes nucleares ainda causam vazamentos radioativos no Oceano Pacífico

Estados Unidos, França e Reino Unido realizaram centenas de testes nucleares em...

O mistério do palíndromo Sator

O quadrado com cinco palavras continua a provocar debates há mais de...

Uísque de um naufrágio ocorrido há 170 anos pode valer R$ 4,5 bilhões

Além de seu valor de venda, o uísque que ficou naufragado por...

Mansa Musa I, o ser humano mais rico da história

Por mais que se ouse designar a fortuna de Musa I, a...