domingo , 14 abril 2024 - 18:04
Blog Senta que lá vem a História

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro foi fundado por franceses. Eis mais um fato interessante em nossa história, pois a França de Henrique II insatisfeita com o Tratado de Tordesilhas de 1494, assinado com a Espanha, ordenou a colonização de terras que formariam a França Antártica e designou Nicolas Durand de Villegagnon a se estabelecer no local da região da Guanabara em 1530 utilizando naus armadas e pólvora. O território não possuía ocupação portuguesa e a tomada foi relativamente pacífica. O mesmo ocorreu com o nativos Tamoios que não ofereceram resistência. Por disputas de poder entre os próprios franceses e desentendimento com os nativos, em 21 de fevereiro de 1560, o terceiro governador-geral do Brasil, Mem de Sá, iniciou a conquista da Guanabara, fato este obtido dois anos depois e os franceses foram expulsos de vez da região. Mais tarde em 1922, os franceses voltariam a contribuir com a história do Brasil e com o nosso principal símbolo turístico, o CRISTO REDENTOR, pois o o escultor francês Paul Landowski confeccionaria as principais partes da estátua e doaria ao Brasil (há alguns historiadores que dizem que a arquidiocese do Rio pagou pela obra, fato este, ainda controverso). O Franceses também doaram aos Estados Unidos a ESTÁTUA DA LIBERDADE como um símbolo de amizade entre as duas nações. 

Sobre o autor

Sobre o portal

Desde 2008 mantenho este portal, que iniciou sendo um disseminador de informações e artigos voltados a área da mecânica e com o passar do tempo alterou seu formato diversas vezes, tornando-se uma plataforma educacional flexível  com ênfases em História (Que é a minha paixão) e trabalhos desenvolvidos na ampliação da cultura Maker no Brasil.

Related Articles

Quem é tolo?

Conta-se que numa pequena cidade do interior um grupo de pessoas se...

Carlota Joaquina

A história do dia é sobre a Rainha CARLOTA JOAQUINA, esposa de D....

A origem francesa do futebol

A história do dia estou escrevendo ouvindo a rádio Gaúcha de Porto Alegre...

A batalha das toninhas

A História do dia que vou relatar é uma das mais vergonhosas façanhas...